Anuncie

Após saber que pode ser preso, Lula perde o controle e fala algo revelador


O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado, pelo juiz federal Sérgio Moro, a 9 anos e meio de prisão por ter supostamente recebido um apartamento tríplex, em forma de propina, da empreiteira OAS, por ter favorecido a empresa na época em que era presidente do Brasil, em firmamentos de contratos com a estatal Petrobras.

No entanto, o ex-presidente e petista rechaça as acusações e sempre vem afirmando que somente visitou o apartamento pois sua esposa Marisa tinha interesse em fazer um investimento e render no futuro com o imóvel, portanto, o apartamento seria comprado por Lula, porém, houve a desistência.

 

Após ser julgado por Sérgio Moro, no âmbito da operação Lava Jato, a legislação determinou que o TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) julgasse o ex-presidente, em segunda instância, para determinar se manterá ou alterará a decisão do juiz federal, que julgou em primeira instância.

Polêmica

O petista terá o julgamento no dia 24 de janeiro para determinar o seu futuro, por este motivo que todos que acompanharam todos os episódios desta investigação da operação Lava Jato aguardam ansiosamente este dia que o ex-presidente pode, finalmente, ser preso ou absolvido.

Lula sempre faz diversas palestras pelo Brasil, ainda mais agora que tem a intenção de se candidatar à presidência da República e outra vez voltar a ter o cargo máximo do poder executivo brasileiro.

Em uma destas palestras, o ex-presidente falou sobre o seu julgamento no dia 24 de janeiro, afirmando algo que preocupou muitos de seus apoiadores e colocou em xeque sua honestidade.

"Não sei se vou comparecer no julgamento dia 24 de janeiro", essa foi a fala do ex-presidente Lula que colocou em xeque sua honestidade, pois leva a entender que o petista já sabe que será condenado, de alguma forma.

Vai ser condenado ou não?

Dificilmente se acha um especialista em direito civil que afirma uma não prisão do ex-presidente, até porque se tem muitas provas contra o petista e isso leva aos que vão julgar a um entendimento mais contrário a Lula, dentro do caso.

Mas há muitos que acreditam que Lula têm provas o suficiente para dizer o contrário e manter-se livre de condenações.

O que colocou em xeque as provas que Lula supostamente teria para provar sua inocência no dia 24 de janeiro foi essa sua afirmação de provavelmente não comparecer. Contudo, resta esperar o desfecho desta história.

11 jan 2018


Por Redação
Anuncie

Artigos Recentes

Ministério Público contesta 2.636 registros de candidaturas

Ministério Público contesta 2.636 registros de candidaturas

em Política

278 são decorrentes de condenações por órgão colegiado do Poder judiciário e 174 de rejeições de contas públicas por tribunais de contas

GPS acompanhará todos os candidatos presidenciais, diz Jungmann

GPS acompanhará todos os candidatos presidenciais, diz Jungmann

em Política

Ministro da Segurança Pública disse que sistema vai permitir deslocamento mais ágil da polícia em caso de conflitos

Luiz Marinho pede 'Lula Livre' e ouve gritos de 'Bolsonaro'

Luiz Marinho pede 'Lula Livre' e ouve gritos de 'Bolsonaro'

em Política

Candidato petista ao governo estadual fez caminhada no centro de São Paulo

Procuradoria Eleitoral pede impugnação de 2,6 mil candidaturas

Procuradoria Eleitoral pede impugnação de 2,6 mil candidaturas

em Política

Segundo a Procuradoria, o número equivale a 9,1% dos 28.949 pedidos registrados para os cargos majoritários e proporcionais

Anuncie