Anuncie

Eleitores de Alckmin e 62% dos de Marina pensam em mudar o voto


Cerca de 48% dos eleitores de Geraldo Alckmin (PSDB) e 62% dos eleitores de Marina (Rede) pensam em mudar seu voto. Eleitores de Ciro Gomes (PDT) também não estão tão convictos: 43% cogitam trocá-lo.

É de 26% o índice de eleitores de Ciro Gomes que cogita votar em Fernando Haddad (PT); 20% dos eleitores de Marina também vêm Haddad como uma segunda opção; 21% dos eleitores de Geraldo Alckmin pensam em votar em Marina Silva e 20% em Jair Bolsonaro (PSL).

Ciro Gomes tem 11% da preferência do eleitorado; Alckmin, 9% e Marina, 4%, revela última pesquisa Datafolha, publicada na terça-feira (3). Ciro e Alckmin estão empatados tecnicamente em 3º lugar nas intenções de voto, levando em conta a margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

A segunda opção preferida entre homens é Ciro Gomes e entre mulheres, Geraldo Alckmin. Fernando Haddad é a segunda opção mais cogitada entre pessoas até 24 anos e Jair Bolsonaro, entre aquelas com mais de 60 anos.

Os eleitores mais convictos são os que declararam voto em Jair Bolsonaro (84%) e Fernando Haddad (82%).

A pesquisa do Datafolha foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-03147/2018. O instituto entrevistou 3.240 pessoas em 225 cidades no dia 2 de outubro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos e a chance da pesquisa de retratar a realidade brasileira é de 95%. Com informações da Folhapress.

03 out 2018


Por Redação
Anuncie

Artigos Recentes

Oficiais ganham força na campanha de Bolsonaro

Oficiais ganham força na campanha de Bolsonaro

em Política

Um grupo de fiéis aliados egressos das Forças Armadas, liderado por três generais do Exército, vem ampliando seu espaço de influência na campanha de Jair Bolsonaro

23 parlamentares envolvidos na Lava Jato que perderão foro privilegiado

23 parlamentares envolvidos na Lava Jato que perderão foro privilegiado

em Política

Pelo menos 13 deputados federais e 10 senadores não conseguiram um novo mandato nas eleições e agora terão seus casos enviados para a primeira instância

Marielle: homem que quebrou placa já foi secretário de Direitos Humanos

Marielle: homem que quebrou placa já foi secretário de Direitos Humanos

em Política

Candidatos que aparecem em foto que viralizou na rede podem ser denunciados pelo Ministério Público

Candidatos já gastaram R$ 100 mi com militância e mobilização de rua

Candidatos já gastaram R$ 100 mi com militância e mobilização de rua

em Política

São recursos públicos que bancam a maior parte das campanhas

Anuncie