Anuncie

Em crise? Emilly Araújo passa a vender camisetas para se manter no Rio

Adicionar aos favoritos
11 janeiro, 2018 Por Redação

Após aparecer com uma bota no valor de R$ 5 mil, parece que a situação financeira de Emilly Araújo, a vencedora do Big Brother Brasil 17, não está das melhores. Tanto é assim que, após acabar o contrato com a Globo, ela vai passar a vender camisetas para se manter no Rio de Janeiro.

Segundo a colunista Keila Jimenez, do R7, Emilly lançou um site de vendas de camisetas que se chama “EM Shop”. Na descrição da página, a ex-BBB diz que a página é “um sonho que virou realidade”. “Sempre tive vontade de usar camisas diferentes, com trocadilhos, coisas sutilmente referentes a esportes, peças com uma identidade mais eclética”, explica.

Ainda de acordo com a ex-BBB, ela via esse tipo de camisetas para meninos e decidiu expandir tudo. Camisas estão cada vez mais em alta para mulheres e casa com muitos looks! Além de ser super confortável e despojado”, diz. As peças começam em R$ 150.

Escrito por

Redação


Anuncie

Artigos Recentes

Moro defende apuração sobre ex-assessor do filho de Bolsonaro

Moro defende apuração sobre ex-assessor do filho de Bolsonaro

em Política

O ex-juiz federal se manifestou pela primeira vez nesta segunda-feira, 10, sobre o relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf)

dezembro 10, 2018 Por Redação

Ronaldinho entrega passaporte à Justiça e suspende rolês internacionais

Ronaldinho entrega passaporte à Justiça e suspende rolês internacionais

em Esporte

O irmão do ex-jogador, o empresário Assis, também devolveu o documento

dezembro 10, 2018 Por Redação

Após completar ministros, Bolsonaro inicia 2ª fase de transição

Após completar ministros, Bolsonaro inicia 2ª fase de transição

em Política

Futuro presidente agora deve montar equipes de segundo e terceiro escalões

dezembro 10, 2018 Por Redação

Mais Médicos: vagas não são preenchidas e governo convoca novo edital

Mais Médicos: vagas não são preenchidas e governo convoca novo edital

em Brasil

Pelo menos 107 lugares na região Norte não têm interessados; a quatro dias do prazo final, metade dos profissionais inscritos ainda não se apresentou

dezembro 10, 2018 Por Redação

Anuncie