Anuncie

Huck comprou jatinho após empréstimo de R$ 17,7 milhões do BNDES

Adicionar aos favoritos
11 fevereiro, 2018 Por Redação

Possível candidato à Presidência da República, o apresentador Luciano Huck utilizou R$ 17,7 milhões do BNDES para comprar um jatinho particular da Embraer. O empréstimo foi feito em 2013 por meio do programa BNDES Finame (Financiamento de Máquinas e Equipamentos) com juros de 3% ao ano e 114 meses de amortização para o pagamento.

Segundo o blog Tijolaço, o crédito foi tomado pela Brisair Serviços Técnicos Aeronáuticos Ltda, que tem Huck e a esposa, Angelica, como sócios, e teve o Itaú como operador. Ainda de acordo com o blog, a Brisair funciona em uma sala da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, e no registro na Receita Federal afirma atuar com "consultoria em gestão empresarial, exceto consultoria técnica específica".

Em nota enviada ao jornal Folha de S. Paulo, a assessoria do apresentador disse que o Finame "é um programa do BNDES de incentivo à indústria nacional, por isso financia os aviões da Embraer".

O banco, por sua vez, afirmou que "até dezembro de 2017, havia 1.036.572 operações registradas no BNDES com as condições do PSI (Programa de Sustentação do Investimento), o que demonstra a pulverização do programa entre milhares de empresas de todo o Brasil".

Escrito por

Redação


Anuncie

Artigos Recentes

Após completar ministros, Bolsonaro inicia 2ª fase de transição

Após completar ministros, Bolsonaro inicia 2ª fase de transição

em Política

Futuro presidente agora deve montar equipes de segundo e terceiro escalões

dezembro 10, 2018 Por Redação

Assessor do filho de Bolsonaro comandará a Secom, confirma Bebianno

Assessor do filho de Bolsonaro comandará a Secom, confirma Bebianno

em Política

A Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) será comandada pelo publicitário Floriano Barbosa de Amorim Neto, assessor do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP)

dezembro 10, 2018 Por Redação

Mais Médicos: vagas não são preenchidas e governo convoca novo edital

Mais Médicos: vagas não são preenchidas e governo convoca novo edital

em Brasil

Pelo menos 107 lugares na região Norte não têm interessados; a quatro dias do prazo final, metade dos profissionais inscritos ainda não se apresentou

dezembro 10, 2018 Por Redação

Onyx: 'Há um certo estardalhaço' sobre ex-assessor de Flávio Bolsonaro

Onyx: 'Há um certo estardalhaço' sobre ex-assessor de Flávio Bolsonaro

em Política

A declaração foi dada durante entrevista ao programa Canal Livre, da Band, exibida na madrugada desta segunda-feira, 10

dezembro 10, 2018 Por Redação

Anuncie