Anuncie

'Ideia é ter Neymar 100% na apresentação para a Copa', diz médico


O atacante Neymar cumpriu com êxito a primeira etapa da recuperação de uma lesão no pé direito. E retorna a Paris nesta quinta-feira (3) para a fase final do procedimento. Agora, a CBF já espera ter o atleta 100% no dia da apresentação da seleção brasileira, em 21 de maio.

"A nossa ideia é que esteja 100% para treinar já na apresentação [da seleção para a Copa, dia 21 de maio], trabalhamos firme para que aconteça este cumprimento", disse Rodrigo Lasmar, médico da seleção brasileira, à reportagem.

"A recuperação está indo muito bem, cumpriu uma etapa que era no Brasil e agora dá sequência fazendo a evolução do que a gente tinha programado. Dentro do esperado está correndo bem", continuou o médico.

Os 23 convocados por Tite se apresentam daqui a 18 dias na Granja Comary, em Teresópolis, para iniciar a preparação para brigar pelo título da Copa do Mundo da Rússia.

O médico da seleção comandou a cirurgia do atleta no quinto metatarso do pé direito, realizada em 3 de março, no hospital Mater Dei, em Belo Horizonte. A intervenção durou uma hora e quinze minutos e terminou sem imprevistos.

Rodrigo Lasmar explicou que ainda não tem uma previsão para que Neymar volte a trabalhar com bola, mas que tudo está correndo dentro do prazo estipulado desde que o jogador operou.

"Isso [retorno de Neymar] é dentro da evolução diária dele. Gradativamente ele volta a correr. Todas as metas da recuperação estão acontecendo da melhor maneira dentro do prazo e vamos observar como será daqui para a frente", apontou o médico.

Neymar fraturou o quinto osso metatarso do pé direito no final do clássico do Paris Saint-Germain contra o Olympique de Marselha, válido pela 27ª rodada do Campeonato Francês, no fim de fevereiro. O atacante brasileiro saiu de campo chorado, carregado em uma maca.

O atacante passou a maior parte do processo de recuperação em sua mansão localizada em Mangaratiba, município da costa verde fluminense, onde fez o processo de recuperação.

No dia 17 de abril, em evento em São Paulo, Neymar afirmou que espera ser liberado para voltar aos gramados a partir do dia 17 de maio, data de seu último exame.

"Não tem previsão exata para voltar. O último exame é em 17 de maio, e aí, dependendo da evolução, estou liberado. Falo sempre com o Tite [técnico da seleção brasileira] e o Edu Gaspar [coordenador de seleções da CBF]. Vamos trocando informações. Estou evoluindo bem e espero voltar o mais rápido possível", disse Neymar.

A expectativa é que o atleta entre em campo antes de disputar a Copa do Mundo 2018 pela seleção brasileira, na Rússia. O técnico Tite espera contar com Neymar nos dois últimos amistosos antes do Mundial.

No dia 3 de junho, o Brasil enfrenta a Croácia, em Liverpool, na Inglaterra. No dia 10, antes da ida para a Rússia, a seleção encara a Áustria, em Viena. O time estreia na Copa no dia 17 de junho, contra a Suíça, em Rostov-do-Don. Com informações da Folhapress.

03 mai 2018


Por Redação
Anuncie

Artigos Recentes

STJ pode mandar 197 processos sobre autoridades a instâncias inferiores

STJ pode mandar 197 processos sobre autoridades a instâncias inferiores

em Política

Corte decide na próximas semana se adota entendimento do STF de restringir o foro privilegiado para deputados e senadores

Daniel Alves está fora da Copa do Mundo

Daniel Alves está fora da Copa do Mundo

em Esporte

A comissão técnica da CBF avaliou o jogador e concluiu que ele não terá condições de disputar o Mundial da Rússia

Para manter Lula candidato, PT pode recorrer a tratados internacionais

Para manter Lula candidato, PT pode recorrer a tratados internacionais

em Política

Entre as medidas está um recurso baseado no Pacto de San José da Costa Rica, que estabelece que só pode ser impedido de se candidatar aquele que já esgotou todos os recursos possíveis

Petrobras volta a ser a maior empresa da Bolsa em valor de mercado

Petrobras volta a ser a maior empresa da Bolsa em valor de mercado

em Economia

Em meio à crise financeira e escândalos de corrupção, a petroleira caiu para a 3ª posição em 2014, ficando atrás da Ambev e do Itaú Unibanco

Anuncie