Anuncie

Justiça determina bloqueio de R$ 4,4 mi do ex-ministro Delfim Netto


O juiz federal Sergio Moro determinou nesta sexta-feira (9) bloqueio de cerca de R$ 4,4 milhões do ex-ministro Antônio Delfim Netto e de empresas ligadas a ele. O político é alvo da 49ª fase da Lava Jato. As informações são do G1.

A Polícia Federal realizou operações de busca e apreensão na casa, no escritório e em empresas. A investigação apura supostos pagamentos de propina em obras que envolveram a construção da Usina Belo Monte, no Pará.

O delator Flávio Barra, ex-executivo da Oebrecht, afirmou ter pago R$ 15 milhões a Delfim Netto. As investigações estimam repasses de propina de R$ 60 milhões para o PT e outros R$ 60 milhões para o PMDB - atual MDB.

O ex-ministro Antonio Palocci é apontado pelo procurador Athayde Ribeiro Costa como porta-voz dos pedidos de propina para ambos os partidos.

O montante pago a Delfim seria um agradecimento por sua atuação na montagem do consórcio de empresas do setor, de acordo com delação premiada de Flávio Barra.

Para o Ministério Público Federal, há fortes indicativos de que o consórcio Norte Energia foi favorecido por agentes do governo federal para ganhar o leilão destinado à concessão da Usina Hidrelétrica de Belo Monte.

09 mar 2018


Por Redação
Anuncie

Artigos Recentes

Em novo vídeo, Bolsonaro diz que deve ter alta até o final do mês

Em novo vídeo, Bolsonaro diz que deve ter alta até o final do mês

em Política

Na mensagem, ele agradece o apoio que tem recebido e diz que deve ter alta médica até o final do mês

Temer diz que novo presidente deverá seguir seu caminho na economia

Temer diz que novo presidente deverá seguir seu caminho na economia

em Política

"Dificilmente quem for eleito poderá sair deste caminho", afirmou o emedebista

Bolsonaro tem melhora clínica progressiva e inicia dieta pastosa

Bolsonaro tem melhora clínica progressiva e inicia dieta pastosa

em Política

De acordo com o hospital, candidato segue realizando exercícios respiratórios, de fortalecimento muscular e períodos de caminhada

Boulos diz que aceno do PT ao centro é masoquismo

Boulos diz que aceno do PT ao centro é masoquismo

em Política

Candidato do PSOL à Presidência também chamou FHC de 'hipócrita'

Anuncie