Anuncie

Kroton fecha compra da Somos Educação por R$ 4,6 bilhões


A Kroton Educacional fechou a compra do controle da Somos Educação, da Tarpon Gestora de Recursos, por R$ 4,566 bilhões, informaram as empresas nesta segunda-feira (23). É a segunda aquisição da Kroton no segmento de educação básica em menos de um mês. Desse total, a Somos, antiga Abril Educação, informou que R$ 4,166 bilhões serão pagos à vista na data de fechamento do negócio e o restante será mantido em conta vinculada para garantir pagamento de determinadas obrigações de indenização assumidas pelos vendedores

A Somos é dona de marcas como Anglo, Red Balloon, Ática, Scipione e Saraiva. Juntos, os grupos devem atender 37 mil alunos em escolas próprias e 25 mil alunos de curso de idiomas. A Kroton, maior grupo de educação do país, dona do grupo Anhanguera, estima que, com a aquisição, a fatia de sua receita que vem de educação básica vai aumentar de 3% para 28%.

A compra do controle da Somos foi realizada por meio da holding Saber, criada pela Kroton para incorporar ativos de educação básica. A operação envolve mais de 192,2 milhões de ações da Somos Educação, ao preço individual de R$ 23,75, o que representa a aquisição de 73,35% da Somos. O valor representa um prêmio de 66% em relação ao preço de fechamento das ações da Somos na sexta-feira (20), de R$ 14,30. 

Às 13h26 desta segunda-feira, as ações da Kroton subiam 4,96%, para R$ 14,18.Depois do fechamento dessa primeira operação, a nova controladora deve fazer uma oferta para aquisição de ações (OPA) para aumentar sua participação no grupo. O valor total estimado do negócio é de R$ 6,2 bilhões. A Kroton e a Somos informaram ainda que se a operação não for fechada até 23 de outubro, o valor passará a ser corrigido pela variação do CDI a partir de 24 de outubro, até a conclusão do negócio.

Concentração de mercado A operação está sujeita a determinadas condições, inclusive a aprovação pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica)."Uma das operações é de ensino superior e a outra, de ensino básico. Procuramos não ser prospectivos em relação ao que o Cade possa decidir, mas há baixíssima sobreposição entre o que a Saber e a Somos fazem, então isso reduz o grau de complexidade da decisão", diz Rodrigo Galindo, presidente da Kroton.Galindo afirmou a jornalistas, nesta segunda-feira (23), que a única sobreposição de mercado entre as duas empresas é em sistemas de ensino.

Nesse mercado, ambas devem acumular 20% de participação. "Nós não consideramos que seja relevante, mas será apreciado [pelo Cade]. Já em colégios, a participação de mercado das duas empresas é irrelevante". O faturamento do mercado de educação básica no Brasil, segundo a Kroton, é 83% maior que o de educação superior – R$ 101 bilhões e R$ 55 bilhões em 2017, respectivamente. No início de abril, a Kroton anunciou a sua primeira aquisição em educação básica, do Centro Educacional Leonardo Da Vinci, em Vitória (ES), por valor não revelado, e disse que previa mais duas aquisições no segmento até o fim do ano.

"A aquisição da Somos pela holding Saber promove a complementariedade da atuação no segmento de educação básica brasileiro e está totalmente alinhada à estratégia de crescimento por meio da qualidade diferenciada dos produtos, serviços e plataformas educacionais digitais oferecidos", escreveram as empresas.No período de até 30 dias a partir do fechamento da operação, a holding Saber submeterá à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e à B3 um pedido de registro de oferta pública obrigatória para a aquisição (OPA) das ações da Somos detidas pelos acionistas minoritários.

A Saber avalia ainda cumular a OPA com a oferta pública para o cancelamento do registro de companhia aberta da Somos, embora esta decisão ainda não tenha sido tomada e a estrutura final da OPA será definida posteriormente.Segundo Fernando Shayer, presidente da Somos, houve ofertas maiores do que a da Kroton pelo grupo, mas essa foi a mais atrativa. "Nem sempre o preço é o principal atributo de uma negociação. Vimos mais valor na parceria com a Kroton", afirmou. Com informações da Folhapress.

23 abr 2018


Por Redação
Anuncie

Artigos Recentes

STJ pode mandar 197 processos sobre autoridades a instâncias inferiores

STJ pode mandar 197 processos sobre autoridades a instâncias inferiores

em Política

Corte decide na próximas semana se adota entendimento do STF de restringir o foro privilegiado para deputados e senadores

Daniel Alves está fora da Copa do Mundo

Daniel Alves está fora da Copa do Mundo

em Esporte

A comissão técnica da CBF avaliou o jogador e concluiu que ele não terá condições de disputar o Mundial da Rússia

Para manter Lula candidato, PT pode recorrer a tratados internacionais

Para manter Lula candidato, PT pode recorrer a tratados internacionais

em Política

Entre as medidas está um recurso baseado no Pacto de San José da Costa Rica, que estabelece que só pode ser impedido de se candidatar aquele que já esgotou todos os recursos possíveis

Petrobras volta a ser a maior empresa da Bolsa em valor de mercado

Petrobras volta a ser a maior empresa da Bolsa em valor de mercado

em Economia

Em meio à crise financeira e escândalos de corrupção, a petroleira caiu para a 3ª posição em 2014, ficando atrás da Ambev e do Itaú Unibanco

Anuncie