Anuncie

Lei torna todos assentos de ônibus e do Metrô preferenciais no DF


Todos os assentos de ônibus e do Metrô do Distrito Federal passarão a ser prioritários para idosos, grávidas, mulheres com crianças de colo e pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. A novidade é determinada por uma lei publicada nesta sexta-feira (1º), que começa a valer daqui a 60 dias.

O projeto foi sancionado integralmente pelo governador Rodrigo Rollemberg (PSB) e é de autoria do deputado distrital Cristiano Araújo (PSD). Ele determina que estações e os próprios coletivos tragam avisos alertando para a nova regra.

Na prática, significa que um passageiro sentado terá de se levantar se alguma pessoa beneficiada pela medida estiver sem lugar. A lei diz que não vai ser necessário fazer nenhuma mudança estrutural nos coletivos.

Ao defender o projeto, o deputado Cristiano Araújo afirma que, por haver assentos preferenciais devidamente identificados, "muitas pessoas" acham que não é necessário ceder espaço. Para ele, a intenção é "reforçar o exercício da cidadania e o respeito ao próximo".

"Cabe ao governo fiscalizar e realizar campanhas publicitárias para orientar os passageiros", disse o deputado ao G1.

Com Informações: G1

01 set 2017


Por Redação
Anuncie

Artigos Recentes

Brasil fica em penúltimo em pesquisa sobre simpatia de vendedores

Brasil fica em penúltimo em pesquisa sobre simpatia de vendedores

em Brasil

Pesquisa aponta que 79% dos funcionários sorri ao ver um cliente entrar na loja. Na Irlanda, país que ficou em primeiro lugar, o percentual é 97%.

Menina de 11 anos sente dores no estômago e descobre que está dando à luz

Menina de 11 anos sente dores no estômago e descobre que está dando à luz

em Mundo

Caso aconteceu na Espanha e polícia descobriu algo aterrorizante sobre o caso.

Carro quebrado e discursos políticos marcam 1º dia da Sapucaí

Carro quebrado e discursos políticos marcam 1º dia da Sapucaí

em Cultura

Entre as sete escolas que desfilaram, os destaques foram Mangueira, Paraíso do Tuiuti e Mocidade

STF deve restringir uso de auxílio-moradia por juízes

STF deve restringir uso de auxílio-moradia por juízes

em Política

Cármen Lúcia avisou entidades da magistratura que deve colocar o assunto em pauta no plenário durante o mês de março

Anuncie