Anuncie

Lei torna todos assentos de ônibus e do Metrô preferenciais no DF


Todos os assentos de ônibus e do Metrô do Distrito Federal passarão a ser prioritários para idosos, grávidas, mulheres com crianças de colo e pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. A novidade é determinada por uma lei publicada nesta sexta-feira (1º), que começa a valer daqui a 60 dias.

O projeto foi sancionado integralmente pelo governador Rodrigo Rollemberg (PSB) e é de autoria do deputado distrital Cristiano Araújo (PSD). Ele determina que estações e os próprios coletivos tragam avisos alertando para a nova regra.

Na prática, significa que um passageiro sentado terá de se levantar se alguma pessoa beneficiada pela medida estiver sem lugar. A lei diz que não vai ser necessário fazer nenhuma mudança estrutural nos coletivos.

Ao defender o projeto, o deputado Cristiano Araújo afirma que, por haver assentos preferenciais devidamente identificados, "muitas pessoas" acham que não é necessário ceder espaço. Para ele, a intenção é "reforçar o exercício da cidadania e o respeito ao próximo".

"Cabe ao governo fiscalizar e realizar campanhas publicitárias para orientar os passageiros", disse o deputado ao G1.

Com Informações: G1

01 set 2017


Por Redação

Artigos Recentes

Justiça manda CEB afastar empregados comissionados sem concurso

Justiça manda CEB afastar empregados comissionados sem concurso

em Brasília

Decisão do Tribunal Regional do Trabalho atende pedido do MPT-DF. Empresa tem até o dia 13 de dezembro para cumprir a ordem judicial

Brasil cria 76,6 mil vagas de trabalho com carteira assinada em outubro

Brasil cria 76,6 mil vagas de trabalho com carteira assinada em outubro

em Economia

O resultado é o melhor para o mês desde 2013, quando foram criadas 94,9 mil oportunidades

Jovens darão 1.000 refeições e presentes a moradores de rua: Natal

Jovens darão 1.000 refeições e presentes a moradores de rua: Natal

em Boas Ações

Jovens de São Paulo se uniram para fazer a diferença neste Natal. Eles vão dar presentes e ceias dignas, na mesa, para pessoas carentes do centro da cidade.

Temer continuará a ser investigado com celeridade, diz Segóvia

Temer continuará a ser investigado com celeridade, diz Segóvia

em Política

Novo diretor-geral da PF tomou posse nesta segunda-feira e cerimônia contou com a presença do presidente

Anuncie