Anuncie

Liniker cancela show na Rússia e critica homofobia no país


A banda Liniker e os Caramelows cancelou uma apresentação que faria no sábado (30) na Casa Brasil, espaço montando em Moscou para celebrar a cultura nacional, em razão de casos de homofobia na Rússia. As informações são do G1.

"Mesmo sabendo de episódios críticos de homofobia no país, [a cantora e sua banda] consideraram, em um primeiro momento, fazer da sua participação um ato político", informa uma nota divulgada pela assessoria de imprensa dos músicos.

"Após o início da competição, muitos casos de ataques a LGBTs ocorreram e é revoltante ver a maneira como o governo russo lida, ou melhor, não lida com a situação, como se alimentasse a intolerância", continua o texto. "Liniker e os Caramelows receberam muitas mensagens de fãs preocupados com a segurança da banda e da cantora Liniker".

O grupo ainda tem apresentações marcadas na Espanha, Estados Unidos e Canadá entre julho e setembro.

Gilberto Gil também teve um show cancelado no espaço no último dia 15. No entanto, a direção da Casa Brasil alegou que ocorreu "devido a entraves burocráticos entre o Brasil e a Rússia". Artistas como Hermeto Pascoal, Mart’nália e Curumin estão entre os nomes que ainda têm shows marcados no local.

28 jun 2018


Por Redação
Anuncie

Artigos Recentes

Ministério Público contesta 2.636 registros de candidaturas

Ministério Público contesta 2.636 registros de candidaturas

em Política

278 são decorrentes de condenações por órgão colegiado do Poder judiciário e 174 de rejeições de contas públicas por tribunais de contas

GPS acompanhará todos os candidatos presidenciais, diz Jungmann

GPS acompanhará todos os candidatos presidenciais, diz Jungmann

em Política

Ministro da Segurança Pública disse que sistema vai permitir deslocamento mais ágil da polícia em caso de conflitos

Luiz Marinho pede 'Lula Livre' e ouve gritos de 'Bolsonaro'

Luiz Marinho pede 'Lula Livre' e ouve gritos de 'Bolsonaro'

em Política

Candidato petista ao governo estadual fez caminhada no centro de São Paulo

Procuradoria Eleitoral pede impugnação de 2,6 mil candidaturas

Procuradoria Eleitoral pede impugnação de 2,6 mil candidaturas

em Política

Segundo a Procuradoria, o número equivale a 9,1% dos 28.949 pedidos registrados para os cargos majoritários e proporcionais

Anuncie