Anuncie

Mais de 200 venezuelanos são transferidos de Roraima para o Sul


Partiram de Boa Vista (RR) rumo a Canoas (RS), nessa quarta-feira (12), 201 venezuelanos, como parte do processo de interiorização estimulado pelo governo federal. Com mais essa ação, passa de 1,7 mil a quantidade de imigrantes levados a outras unidades da federação desde abril.

O objetivo é transportar cerca de 400 pessoas por semana durante este mês. Nos dias 4 e 5, foram levados 408 para Manaus (AM), Cuiabá (MT), São Paulo (SP), Esteio (RS) e Brasília (DF).

Emprego das Forças Armadas Para garantir a segurança dos brasileiros e dos venezuelanos que entram no Brasil por Roraima, militares das Forças Armadas vão continuar no estado até 30 de outubro. A autorização para o Exército atuar sob a Garantia da Lei e da Ordem na região valeria apenas até esta quarta-feira (12), mas a validade foi estendida por outro decreto assinado nessa terça e publicado no Diário Oficial da União.

O envio dos homens que passaram a atuar nas cidades de Pacaraima e Boa Vista foi autorizado em 28 de agosto. A decisão ocorreu uma semana depois que moradores expulsaram venezuelanos de barracas e abrigos, ateando fogo a seus pertences. Roraima recebeu mais de 130 mil venezuelanos desde o ano passado, segundo estimativas da Polícia Federal. Com informações do Portal Brasil.

13 set 2018


Por Redação
Anuncie

Artigos Recentes

Pais de 3 filhos adotam mais 3 irmãos pra não separar a família

Pais de 3 filhos adotam mais 3 irmãos pra não separar a família

em Boas Ações

Eles já tinham 3 filhos biológicos e resolveram adotar mais 3 para não separar a família.

Moro se reúne com Bolsonaro nesta quinta para discutir ministério

Moro se reúne com Bolsonaro nesta quinta para discutir ministério

em Política

Encontro vai ocorrer na casa do presidente eleito

Bolsonaro confirma Marcos Pontes para Ciência e Tecnologia

Bolsonaro confirma Marcos Pontes para Ciência e Tecnologia

em Política

Presidente eleito fez anúncio pelo Twitter

Aliados de Bolsonaro criticam Datafolha e Ibope após queda de candidato

Aliados de Bolsonaro criticam Datafolha e Ibope após queda de candidato

em Política

"Nós continuamos não acreditando nas pesquisas. Principalmente no Datafolha", disse Gustavo Bebianno, presidente do PSL

Anuncie