Anuncie

Mesmo sem lucro, a empresa Smartmatic quer fornecer impressoras de voto


Depois de quatro dias de discussões e mesmo sem nenhuma proposta concorrente, a Smartmatic apresentou novo lance no pregão eletrônico do TSE para garantir o contrato de fornecimento das 30 mil impressoras de voto.

O primeiro lance, superior a R$ 65,4 milhões, foi rejeitado pela pregoeira. A empresa, então, baixou a proposta para o valor de referência do edital: R$ 62,6 milhões.

Em mensagem à pregoeira, a Smartmatic afirmou que a decisão de reduzir o preço “está baseada principalmente no sentido colaborativo” para “prestar relevantes serviços à Justiça Eleitoral do Brasil, uma vez que a Smartmatic tem como objetivo principal o uso de tecnologia no processo eleitoral”.

Cinco venezuelanos e um português representam Smartmatic no TSE

O instrumento particular de constituição do Consórcio Smartmatic – que, para vencer o pregão, ajustou sua proposta ao edital do TSE.

Nele, a empresa líder (Smartmatic Brasil) indica cinco venezuelanos e um português como pessoas “legalmente habilitadas” para representar o consórcio na concorrência.

Os indicados são o português Victor Manuel dos Reis e os venezuelanos Chandler Molina, Servio Altuve, Marta Blanco, Valentina Vaquero e Pedro Mugica.

Victor assina pelas duas empresas do consórcio (Smartmatic Brasil e Smartmatic International Corporation). Com sede em Barbardos, a SIC não tem autorização para participar de licitações no Brasil.

 

Consórcio da Smartmatic usa offshore de Barbados

O consórcio é formado pela Smartmatic Brasil Ltda (líder) e Smartmatic International Corporation (SIC), offshore sediada em Barbardos.

Pelo artigo 28, parágrafo V, da Lei 8.666 uma empresa ou sociedade estrangeira precisa ser habilitada por decreto para participar de uma concorrência pública.

A reportagem não encontrou qualquer decreto autorizando a Smartmatic de Barbados, ou mesmo um CNPJ para funcionamento no Brasil.

 

18 jan 2018


Por Redação
Anuncie

Artigos Recentes

STJ pode mandar 197 processos sobre autoridades a instâncias inferiores

STJ pode mandar 197 processos sobre autoridades a instâncias inferiores

em Política

Corte decide na próximas semana se adota entendimento do STF de restringir o foro privilegiado para deputados e senadores

Daniel Alves está fora da Copa do Mundo

Daniel Alves está fora da Copa do Mundo

em Esporte

A comissão técnica da CBF avaliou o jogador e concluiu que ele não terá condições de disputar o Mundial da Rússia

Para manter Lula candidato, PT pode recorrer a tratados internacionais

Para manter Lula candidato, PT pode recorrer a tratados internacionais

em Política

Entre as medidas está um recurso baseado no Pacto de San José da Costa Rica, que estabelece que só pode ser impedido de se candidatar aquele que já esgotou todos os recursos possíveis

Petrobras volta a ser a maior empresa da Bolsa em valor de mercado

Petrobras volta a ser a maior empresa da Bolsa em valor de mercado

em Economia

Em meio à crise financeira e escândalos de corrupção, a petroleira caiu para a 3ª posição em 2014, ficando atrás da Ambev e do Itaú Unibanco

Anuncie