Anuncie

Na ONU, Trump ameaça "destruir completamente a Coreia do Norte"


Em seu primeiro discurso na Assembleia Geral da ONU nesta terça-feira (19), o presidente dos EUA, Donald Trump, classificou o governo da Coreia do Norte como "depravado", uma "ditadura corrupta", e afirmou que, se for ameaçado, não terá outra escolha a não ser "destruir completamente a Coreia do Norte".

De acordo com o portal UOL, o presidente norte-americano também defendeu a sua ideia de "América em primeiro lugar". Trump afirmou que os países-membros da ONU devem trabalhar juntos para enfrentar países hostis. "Se os justos não enfrentarem os perversos, então o mal triunfará", disse.

Ele ainda aproveitou o seu discurso para mandar recados para a Rússia e a China, afirmando que todos devem "rejeitar as ameaças contra a soberania desde a Ucrânia até o Mar do Sul da China". O presidente dos EUA disse ainda que o acordo nuclear com o Irã é uma vergonha para os EUA.

19 set 2017


Por Redação

Artigos Recentes

Portugal: 700 anos de história que arderam em um dia

Portugal: 700 anos de história que arderam em um dia

em Mundo

O país sofreu com incêndios gigantescos em 2017

MPF apresenta telefonemas entre suposto 'laranja' e amigo de Lula

MPF apresenta telefonemas entre suposto 'laranja' e amigo de Lula

em Política

O relatório, produzido por meio da quebra do sigilo telefônico de Costamarques, mostra que foram efetuadas 12 ligações entre o empresário e o advogado Roberto Teixeira

Adasa autoriza Caesb a ampliar racionamento de água para 48 horas

Adasa autoriza Caesb a ampliar racionamento de água para 48 horas

em Brasília

A Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa) autorizou a ampliação do racionamento de água para um limite máximo de 48 horas.

PF investiga contratos suspeitos envolvendo Odebrecht e Petrobras

PF investiga contratos suspeitos envolvendo Odebrecht e Petrobras

em Brasil, Política

A Polícia Federal cumpre, na manhã desta sexta-feira (20), uma série de mandados de busca, apreensão, condução coercitiva e de prisão temporária, no âmbito da Operação Lava Jato, para investigar atos de corrupção e lavagem de dinheiro em contratos en

Anuncie