Anuncie

Protestos pela prisão de Lula ocorrerão em mais de 100 cidades e 4 países

Adicionar aos favoritos
03 abril, 2018 Por Redação

O Movimento Brasil Livre (MBL), o Vem Pra Rua (VPR) e outros movimentos que lideraram manifestações do impeachment da presidente cassada Dilma Rousseff preparam nesta terça-feira, 3, atos em mais de 100 cidades e 20 Estados do País em defesa da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, um dia antes da Corte analisar em plenário o mérito do habeas corpus impetrado pela defesa do líder petista.

O VPR informou que também organizou protestos em ao menos quatro cidades fora do País: em Boston (EUA), na praça da Universidade de Harvard; em Santiago, na frente da embaixada do Brasil; e na entrada dos consulados brasileiros em Londres e Roma.

O MBL organizará manifestações em pelo menos 80 cidades, enquanto o VPR já confirmou 101. No início da tarde desta segunda-feira, o MBL promoveu entre as avenidas Juscelino Kubistchek e Faria Lima um ato para divulgar os protestos de amanhã na cidade de São Paulo. A avenida Paulista será o palco principal da mobilização.

A manifestação do Movimento Brasil Livre na capital paulista contará com um carro de som doado pela startup “Levante”. Além disso, o MBL arrecadou mais de R$ 14 mil em uma “vaquinha” online para custear os protestos. O número é superior ao da meta estabelecida inicialmente, de R$ 11 mil.

Na quarta-feira, 4, o MBL também deve promover uma manifestação em frente ao prédio do STF, em Brasília. O VPR informou que pretende mobilizar protestos apenas nas redes sociais no dia do julgamento.

A análise do habeas corpus é decisiva para o futuro de Lula. Condenado a 12 anos e um mês de prisão pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), Lula já teve seus recursos negados na segunda instância da Justiça Federal e também não teve sucesso no HC enviado ao Superior Tribunal de Justiça. Atualmente, a liberdade do ex-presidente é garantida por um salvo-conduto concedido pelos ministros do Supremo.

O líder do MBL, Kim Kataguiri, afirmou à reportagem que o movimento tem uma expectativa positiva do julgamento na quarta-feira. Para ele, o voto decisivo, a favor da prisão de Lula, deve ser da ministra Rosa Weber.

Escrito por

Redação


Anuncie

Artigos Recentes

Moro defende apuração sobre ex-assessor do filho de Bolsonaro

Moro defende apuração sobre ex-assessor do filho de Bolsonaro

em Política

O ex-juiz federal se manifestou pela primeira vez nesta segunda-feira, 10, sobre o relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf)

dezembro 10, 2018 Por Redação

Ronaldinho entrega passaporte à Justiça e suspende rolês internacionais

Ronaldinho entrega passaporte à Justiça e suspende rolês internacionais

em Esporte

O irmão do ex-jogador, o empresário Assis, também devolveu o documento

dezembro 10, 2018 Por Redação

Após completar ministros, Bolsonaro inicia 2ª fase de transição

Após completar ministros, Bolsonaro inicia 2ª fase de transição

em Política

Futuro presidente agora deve montar equipes de segundo e terceiro escalões

dezembro 10, 2018 Por Redação

Mais Médicos: vagas não são preenchidas e governo convoca novo edital

Mais Médicos: vagas não são preenchidas e governo convoca novo edital

em Brasil

Pelo menos 107 lugares na região Norte não têm interessados; a quatro dias do prazo final, metade dos profissionais inscritos ainda não se apresentou

dezembro 10, 2018 Por Redação

Anuncie