Anuncie

PT teme que STF antecipe decisão sobre inelegibilidade de Lula


Ao decidir, na última segunda-feira (25), enviar o pedido de liberdade feito pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para julgamento no plenário da Corte, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), citou a Lei de Inelegibilidade.

"A apreciação plenária constitui, no caso, exigência expressa do artigo 26-C da Lei Complementar nº 64/90, tendo em vista que se postula o acolhimento do pedido, 'suspendendo-se os efeitos das decisões recorridas e inviabilizando a execução provisória da pena até o julgamento final do caso pelo Supremo Tribunal'", escreveu o ministro, em seu despacho.

O artigo a que Fachin se refere é o da lei que, entre outros, permite a suspensão da inelegibilidade por meio de liminar. O fato, de acordo com informações da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, gerou preocupação no PT, que teme um possível julgamento, pelo plenário do STF, sobre se Lula pode ou não ser candidato à Presidência, nas próximas eleições.

O petista está preso, desde o dia 7 de abril, na Superintendência da Polícia Federal (PF), em Curitiba, condenado a 12 anos e um mês de prisão, pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Ele cumpre pena pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do triplex do Guarujá.

Apesar de o ex-presidente estar enquadrado na Lei da Ficha Limpa, o plano do PT é, em agosto, registrar a candidatura dele e deixar que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) debata e julgue o caso. Esgotada a discussão na Corte, a legenda, então, recorreria ao STF, em setembro, já às vésperas da eleição.

A ideia é postergar ao máximo a decisão, com o intuito de manter a candidatura de Lula. Após a citação de Fachin, no entanto, o receio é de que o Supremo antecipe a discussão sobre a inelegibilidade no plenário da Corte, onde o cenário é desfavorável ao petista.

27 jun 2018


Por Redação
Anuncie

Artigos Recentes

Inep divulga gabaritos do Enem, mas nota mesmo só em janeiro

Inep divulga gabaritos do Enem, mas nota mesmo só em janeiro

em Brasil

O valor varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item.

‘O Brasil só escolhe ator pornô, palhaço e funkeiro’, desabafa Dr. Rey

‘O Brasil só escolhe ator pornô, palhaço e funkeiro’, desabafa Dr. Rey

em Política

O cirurgião que sonha integrar o governo Jair Bolsonaro disse ter recebido um convite da Marinha dos Estados Unidos

Cotada para Educação, Viviane Senna tem reunião com equipe de Bolsonaro

Cotada para Educação, Viviane Senna tem reunião com equipe de Bolsonaro

em Política

Com o objetivo de não chamar a atenção, ela se encontrou com o futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, em uma agenda secreta, fora do escritório da transição

Pais de 3 filhos adotam mais 3 irmãos pra não separar a família

Pais de 3 filhos adotam mais 3 irmãos pra não separar a família

em Boas Ações

Eles já tinham 3 filhos biológicos e resolveram adotar mais 3 para não separar a família.

Anuncie