Anuncie

Rússia anuncia sucesso com míssil que substituirá 'Satã'


A Rússia anunciou nesta sexta, 30, que realizou um teste bem-sucedido de seu último míssil balístico intercontinental, o Sarmat.

O Ministério de Defesa do país informou que o míssil foi lançado da base espacial de Plesetsk, no noroeste da Rússia, e que o objetivo era testar o desempenho do projétil em sua fase inicial de voo.

O Sarmat deverá substituir o Voyevoda, míssil balístico intercontinental desenvolvido na época da União Soviética e que é conhecido como “Satã” no Ocidente.

Recentemente, o presidente Vladimir Putin informou que o Sarmat pesa 200 toneladas e tem alcance maior que o do Satã, o que lhe permite sobrevoar os polos norte ou sul e atingir alvos em qualquer parte do mundo.

Na ocasião, Putin disse também que o Sarmat carrega um número maior de ogivas nucleares, mais poderosas que as do Satã.

30 mar 2018


Por Redação
Anuncie

Artigos Recentes

Cientistas descobrem como atingir as bactérias das axilas e acabar de uma vez com o mau cheiro

Cientistas descobrem como atingir as bactérias das axilas e acabar de uma vez com o mau cheiro

em Entretenimento

A ajuda está à mão para aqueles que lutam para combater os aromas indesejados da axila durante a onda de calor. Os cientistas estão mais próximos de bloquear o odor do corpo.

Como ter os braços tonificados de uma celebridade A-list

Como ter os braços tonificados de uma celebridade A-list

em Entretenimento

Descubra como tonificar os seus braços, sem morrer de tédio na academia, com essa dica da celebridade A-list.

O que é felicidade; se conheça

O que é felicidade; se conheça

em Entretenimento

O que é felicidade? Confira os tópicos e se conheça.

Passar horas em frente à uma tela causa a doença do olho seco em crianças, segundo especialistas

Passar horas em frente à uma tela causa a doença do olho seco em crianças, segundo especialistas

em Entretenimento

Ao longo desse século moderno tecnológico, as crianças estão contraindo a doença do olho seco, devido muito tempo olhando para as telas, dizem os cientistas.

Anuncie