Anuncie

Senado quer liberar FGTS para quem se demitir


A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou nesta quarta-feira (11) projeto que permite o saque integral do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) em caso de pedido de demissão.

Hoje, o FGTS só pode ser sacado em caso de demissão quando não há justa causa. Outras situações, como doenças graves, fechamento da empresa e fim do contrato, também possibilitam a retirada.

O projeto de lei pode seguir diretamente para análise da Câmara em cinco dias úteis se não for apresentado recurso para votação no plenário.

Para o relator da proposta, senador Paulo Paim (PT-RS), o texto corrige distorção por estender à vontade do trabalhador a possibilidade de acesso ao recurso.

O governo Michel Temer mira no FGTS como uma forma de injetar recursos na economia e, no ano passado, liberou o saque de contas inativas.

Para Luiz Antônio França, presidente da Abrainc (associação de incorporadoras), criar alternativas para sacar o dinheiro do fundo é ruim, porque demonstra falta de entendimento dos seus benefícios.França destacou o objetivo social do FGTS e o uso dos recursos para habitação, como o programa Minha Casa Minha Vida.

Para Mario Avelino, presidente do IFDT (Instituto Fundo Devido ao Trabalhador), a aprovação do projeto pode desencadear uma onda de pedidos de demissão e gerar instabilidade nas contas do fundo.

"Será um canal para pagar cartão de crédito e saldar dívidas do cheque especial, por exemplo", afirma. Com informações da Folhapress. 

12 abr 2018


Por Redação
Anuncie

Artigos Recentes

Ministério Público contesta 2.636 registros de candidaturas

Ministério Público contesta 2.636 registros de candidaturas

em Política

278 são decorrentes de condenações por órgão colegiado do Poder judiciário e 174 de rejeições de contas públicas por tribunais de contas

GPS acompanhará todos os candidatos presidenciais, diz Jungmann

GPS acompanhará todos os candidatos presidenciais, diz Jungmann

em Política

Ministro da Segurança Pública disse que sistema vai permitir deslocamento mais ágil da polícia em caso de conflitos

Luiz Marinho pede 'Lula Livre' e ouve gritos de 'Bolsonaro'

Luiz Marinho pede 'Lula Livre' e ouve gritos de 'Bolsonaro'

em Política

Candidato petista ao governo estadual fez caminhada no centro de São Paulo

Procuradoria Eleitoral pede impugnação de 2,6 mil candidaturas

Procuradoria Eleitoral pede impugnação de 2,6 mil candidaturas

em Política

Segundo a Procuradoria, o número equivale a 9,1% dos 28.949 pedidos registrados para os cargos majoritários e proporcionais

Anuncie