Deputado apresenta proposta para evitar traição de cônjuges de parlamentares


Foto: Reprodução.

O deputado federal Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) surpreendeu e propôs nesta semana a criação ide uma espécie de fundo financeiro para arcar com viagens de companheiras de parlamentares para, segundo ele, “prevenir relações extraconjugais”.

Visando o cargo de líder da Frente Parlamentar Evangélica na Câmara dos Deputados, Sóstenes Cavalcante apresentou 16 propostas de campanha.

Como a décima proposta gerou surpresa e dúvidas, o parlamentar foi procurado pela revista Veja e esclareceu que o projeto é uma “prevenção” e que “visa evitar que os deputados ou deputadas, longe de seus respectivos cônjuges, que ficam nos estados de origem do parlamentar, se envolvam em relações extraconjugais”.

Cavalcante disse também que, se aprovada a proposta, será criada uma espécie de fundo financeiro para “promover reuniões com os cônjuges” dos parlamentares para “evitar traições”.

Outras propostas polêmicas do deputado são de “organizar um curso on-line para políticos e agentes públicos evangélicos” e “ter um planejamento antecipado e mensal dos cultos”.

Confira a lista de propostas do parlamentar:

Propostas do deputado Sóstenes Cavalcante

Brasília Política

Artigos Recentes

05 fevereiro, 2020
GDF divulga calendário com 18 feriados e pontos facultativos

As datas constam em decreto assinado pelo governador Ibaneis Rocha e publicado no Diário Oficial do DF desta quarta-feira

21 janeiro, 2020
Ex-governador do DF Agnelo Queiroz é condenado definitivamente por improbidade administrativa

Processo é referente à inauguração do Centro Administrativo do Distrito Federal; não cabem mais recursos à decisão. Defesa diz que não vai comentar.

22 dezembro, 2019
Sexo “meia-boca” tem solução? Saiba se vale a pena insistir
em Brasil

Especialistas apontam quais questões comportamentais podem deixar uma transa ruim e como driblá-las

22 dezembro, 2019
Exército cerca Presídio Federal de Brasília após plano de fuga de Marcola

As informações sobre o plano de resgate do líder do Primeiro Comando da Capital (PCC) partiram de São Paulo