Filme do Brasil Paralelo sobre 1964 é censurado na rede Cinemark


Foto: Brasil Paralelo

A rede Cinemark proibiu a exibição do filme 1964: Brasil entre armas e livros, do Brasil Paralelo, em suas salas de cinema no Brasil. Em nota divulgada no Twitter a empresa diz que “não se envolve em questões político-partidárias” e por isso não vai exibir a produção, que estreia nesta terça-feira (02). A decisão recebeu fortes críticas de internautas.

Conforme apurado pela GaúchaZH, algumas salas de cinema da Cinemark exibiram, ontem, sessões de pré-estreia. Mas a empresa alega que os horários foram alugados pelos produtores do filme e que não tinha conhecimento do conteúdo.

"Essas salas foram alugadas para um evento privado. A escolha do filme e dos convidados é de responsabilidade dos próprios organizadores do evento. A Cinemark não participou disso", diz trecho do e-mail encaminhado pela assessoria de rede de cinemas à GaúchaZH.

Em nota oficial, a empresa informa também que “por padrão, não autoriza em seus complexos a divulgação de mídia partidária, tampouco eventos de cunho político”.

A decisão gerou revolta nas redes sociais e internautas utilizaram a tag #BoicoteCinemark como forma de protesto. Alguns até questionaram a Cinemark de, em 2010, ter exibido o filme Lula: O filho do Brasil e hoje se recusar a exibir o longa-metragem do Brasil Paralelo.

O filme do Brasil Paralelo, sob direção de Felipe Valerim, Lucas Ferrugem e Henrique Viana, conta com a participação do jornalista William Waack, do filósofo Olavo de Carvalho e o diretor do Instituto Liberal, Alexandre Borges.

Política

Artigos Recentes

05 fevereiro, 2020
GDF divulga calendário com 18 feriados e pontos facultativos

As datas constam em decreto assinado pelo governador Ibaneis Rocha e publicado no Diário Oficial do DF desta quarta-feira

21 janeiro, 2020
Ex-governador do DF Agnelo Queiroz é condenado definitivamente por improbidade administrativa

Processo é referente à inauguração do Centro Administrativo do Distrito Federal; não cabem mais recursos à decisão. Defesa diz que não vai comentar.

22 dezembro, 2019
Sexo “meia-boca” tem solução? Saiba se vale a pena insistir
em Brasil

Especialistas apontam quais questões comportamentais podem deixar uma transa ruim e como driblá-las

22 dezembro, 2019
Exército cerca Presídio Federal de Brasília após plano de fuga de Marcola

As informações sobre o plano de resgate do líder do Primeiro Comando da Capital (PCC) partiram de São Paulo