Anuncie

MEC entrega base curricular do Ensino Médio

Adicionar aos favoritos
03 abril, 2018 Por Redação

O Ministério da Educação vai apresentar nesta terça-feira (3) a versão final da Base Nacional Comum Curricular do ensino médio (BNCC). O documento, que traz orientações que vão nortear os currículos das escolas das redes públicas e privadas de todo o Brasil, será entregue ao Conselho Nacional de Educação, que começa a discuti-lo nas próximas semanas. 

Assim como ocorreu com a base comum das educações infantil e fundamental, a do ensino médio será debatida em audiências públicas em todo o País. Concluída essa etapa, ela será votada pelos conselheiros e encaminhada novamente ao Ministério da Educação para ser homologada. 

De acordo com o MEC, no primeiro ano letivo após a data de publicação da BNCC, os sistemas de ensino deverão estabelecer um cronograma de implantação das principais alterações da lei. Essas mudanças deverão ser executadas a partir do segundo ano letivo.

Com informações do Portal Brasil.

Escrito por

Redação


Anuncie

Artigos Recentes

General adverte. STF acerta ou cria-se Tribunal de Exceção

General adverte. STF acerta ou cria-se Tribunal de Exceção

em Política

Cresce o cerco ao Supremo Tribunal Federal

março 19, 2019 Por Kennedy Medeiros

‘Não sou político de virar casaca. Falo e assino embaixo’

‘Não sou político de virar casaca. Falo e assino embaixo’

em Política

A frase é do presidente Jair Bolsonaro, dita em entrevista à rede de televisão americana Fox News, que foi ao ar na madrugada desta terça-feira, 19

março 19, 2019 Por Kennedy Medeiros

Guedes está perdendo paciência com Olavo

Guedes está perdendo paciência com Olavo

em Senado, Congresso Nacional

Paulo Guedes, ministro da Economia, está quase perdendo a paciência com Olavo Carvalho, o filósofo que impulsiona a direita no Brasil

março 19, 2019 Por Kennedy Medeiros

'Sempre sonhei em libertar o Brasil da ideologia nefasta de esquerda'

'Sempre sonhei em libertar o Brasil da ideologia nefasta de esquerda'

em Política

Frase foi dita por Bolsonaro na abertura do jantar oferecido a ele, no domingo, em Washington

março 18, 2019 Por Kennedy Medeiros

Anuncie