Para Ciro Gomes, proposta de autonomia do Banco Central é caso de” ir para a rua e quebrar tudo”


Foto: Reprodução

Ciro Gomes não definitivamente não reagiu a bem a possibilidade de autonomia do Banco Central, proposta pelo presidente Bolsonaro durante a campanha eleitoral. Nesta quinta-feira (11), o pedetista disse em entrevista que se a proposta não pode ser aceita com passividade. “Ir para a rua e quebrar tudo”.

 “Se começar a privatizar os dois últimos bancos públicos e entregar o Banco Central ao predomínio do sistema financeiro simplesmente se está destruindo a sustentação do povo brasileiro. Isso é daqueles casos de a gente ir pra rua e quebrar tudo.”

Questionado sobre a frase, Ciro Gomes disse que o tom as palavras usadas são, na verdade, metáfora e surpresa após tomar conhecimento da proposta do presidente.

Economia Brasil

Artigos Recentes

05 fevereiro, 2020
GDF divulga calendário com 18 feriados e pontos facultativos

As datas constam em decreto assinado pelo governador Ibaneis Rocha e publicado no Diário Oficial do DF desta quarta-feira

21 janeiro, 2020
Ex-governador do DF Agnelo Queiroz é condenado definitivamente por improbidade administrativa

Processo é referente à inauguração do Centro Administrativo do Distrito Federal; não cabem mais recursos à decisão. Defesa diz que não vai comentar.

22 dezembro, 2019
Sexo “meia-boca” tem solução? Saiba se vale a pena insistir
em Brasil

Especialistas apontam quais questões comportamentais podem deixar uma transa ruim e como driblá-las

22 dezembro, 2019
Exército cerca Presídio Federal de Brasília após plano de fuga de Marcola

As informações sobre o plano de resgate do líder do Primeiro Comando da Capital (PCC) partiram de São Paulo