Anuncie

Toffoli bate o martelo e crime de Caixa 2 sai da mira da Lava Jato

Adicionar aos favoritos
14 março, 2019

Os crimes de Caixa 2 e de corrupção – inclusive lavagem de dinheiro -, praticados por políticos, não ficarão mais na alçada da Justiça Federal. Foi o que decidiu no início da noite desta quinta, 14, o Supremo Tribunal Federal.

A votação chegou ao impasse de 5 votos para que as ações ficassem no âmbito da Justiça Federal, e cinco para que os casos sejam julgados pela Justiça Eleitoral. O presidente da Corte, Dias Toffoli, deu o voto de misericórdia. Bateu o martelo e desempatou. Com o resultado de 6 a 5, a Lava Jato sofreu um duro golpe.

Os votos que ameaçam a Lava Jato, segundo avaliação de procuradores e promotores, foram dados pelos Marco Aurélio (relator), Alexandre de Moraes, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Dias Toffoli. Foram votos vencidos os ministros Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux e Cármen Lúcia.

Integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba, criticavam o envio de casos à Justiça Eleitoral, afirmando que não há estrutura para processos mais complexos, o que, segundo procuradores, pode levar à maior demora e risco de prescrições, além de risco da anulação de atos já foram realizados pela Justiça Federal.

Também derrotada, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, não vê, porém, riscos de que a decisão do Supremo prejudique a Lava Jato. “Não vejo esse risco nesse momento. Mas é preciso avaliar com cuidado e não perder o foco. Manteremos o foco contra corrupção e impunidade”, disse.

A decisão também contrariou o ministro Sérgio Moro, ex-juiz da Lava Jato. Na véspera da decisãom do Supremo, ele fez um alerta: a Justiça Eleitoral não tem condições de investigar e apurar casos de corrupção.


Anuncie

Artigos Recentes

PM prende casal de traficantes com 30 quilos de maconha em Taguatinga Sul

PM prende casal de traficantes com 30 quilos de maconha em Taguatinga Sul

em Segurança, Brasília

Em nova ação de combate ao tráfico de drogas, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) conseguiu apreender, nesta segunda-feira (13), 30 quilos de maconha em Taguatinga Sul.

maio 13, 2019 Por Cristiano Lima

GDF divulga edital que vai privatizar o metrô

GDF divulga edital que vai privatizar o metrô

em Brasília, Economia

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB-DF), lançou na manhã desta segunda-feira (06), por meio do Diário Oficial, o edital que vai transferir a gestão do Metrô-DF para à inciativa privada.

maio 13, 2019 Por Cristiano Lima

SOS DF promove melhorias no Núcleo Rural Taquara, em Planaltina

SOS DF promove melhorias no Núcleo Rural Taquara, em Planaltina

em Brasília

Instalação de blocos de meio-fio em ruas da comunidade rural vão ajudar no escoamento da rede pluvial

abril 25, 2019 Por Kennedy Medeiros

Encontrado menino que foi levado da mãe em 1981

Encontrado menino que foi levado da mãe em 1981

em Brasília

Ocorrência só foi registrada em 2013 e, graças ao empenho da PCDF, investigações tiveram sucesso

abril 25, 2019 Por Kennedy Medeiros

Anuncie