Manifestações na Praça dos Três Poderes em Brasília no Dia 07 de Setembro

Desde segunda-feira (6), caminhoneiros tomam ruas de Brasília, dando início às manifestações, oferecendo apoio ao presidente do Brasil, Jair Bolsonaro.

Além de grupos que apoiam o governo, o feriado também será de manifestação contra o Presidente da República.

Os locais serão os mesmo para os grupos que terão pautas diferentes para manifestar.

A concentração maior ficará em Brasília e na Avenida Paulista em São Paulo.

Existe recomendação sobre ruas interditadas em Brasília nesse feriado.

Inicialmente, os protestos foram marcados para o dia 7 de setembro. Mas, muitos apoiadores de Bolsonaro, já estão em Brasília desde a tarde de segunda-feira (6).

Segundo organizadores, as manifestações têm o objetivo pautas que vão contra decisões recentes do STF, além de reivindicar o voto impresso auditável, defendido pelo Presidente.

Vídeos publicados nas redes sociais mostram grande número de pessoas se aproximando da Praça dos Três Poderes a pé, em carros e até caminhões e carretas.

Recentemente, o Governo do Distrito Federal, informou que que 5 mil policiais estarão reforçando a segurança no local.

Presença de caminhoneiros

Caminhoneiros estão em frente ao Congresso Nacional, na Alameda dos Estados.

Grande parte dos manifestantes fizeram longas viagens de ônibus, percorrendo mais de 1.000km. Muitos deles trouxeram suas famílias para as manifestações também.

Logo no começo da manhã de terça-feira, vai começar o ato na capital do Brasil. O discurso do presidente da República está marcado para começar às 10 horas da manhã.

Depois disso, deve seguir para São Paulo, discursar às 16 horas.

Segurança

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) orienta que é necessário o uso de protetor solar, roupas leves, ingerir grandes quantidades de água, e obviamente, usar máscara e álcool em gel.

Caso haja qualquer pedido de socorro, o Corpo de Bombeiros estará presente em vários pontos da Esplanada com seus carros de atendimento, incêndio e, caso haja necessidade, salvamento.

Os atos contarão com a presença de policiais para garantir a segurança das pessoas e das instituições.

Câmeras em HD vão estar sendo usadas para a observação e controle da manifestação.

Existem proibições para o público, como estar nas manifestações com armas de fogo, armas brancas, drones, fogos de artifício, objetos cortantes e álcool líquido, por exemplo.

Além disso, de acordo com o Instituto Atlas Intelligence, cerca de 30% dos policiais estarão participando das manifestações. A pesquisa foi feita com 3.146 policiais e 940 disseram que vão estar presentes apoiando o presidente Bolsonaro.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter

Outras Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.